sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

AccorHotels expande na América do Sul em ano recorde de aberturas

Grupo chegou a 329 hotéis na região e segue com plano
de operar 500 hotéis até 2020

Patrick Mendes - foto abaixo, em coletiva de imprensa revela sobre 
         resultados de 2017 e perspectivas para próximos anos
---



A AccorHotels, líder em experiências hoteleiras, abriu 52 hotéis em 2017 na América do Sul, incluindo a aquisição de 21 contratos de administração da BHG. Com isso, a empresa passou a operar 329 unidades e 51.800 quartos - 283 no Brasil (45 mil quartos), além de 142 unidades no pipeline. O Brasil foi o 2° país que mais abriu hotel no mundo, considerando os 99 países em que o Grupo atua.


O valor da transação com a BHG foi de R$ 195 milhões. Para reformas e adaptações às marcas AccorHotels, serão investidos R$ 307 milhões pela BHG.

“Estamos muito próximos de alcançar a meta de ter 500 hotéis na região até 2020”, diz Patrick Mendes, CEO da AccorHotels América do Sul. “No ano em que completamos 40 anos de história, assinamos 43 contratos e superamos a projeção inicial, sobretudo no último trimestre. Para 2018, consolidaremos o desenvolvimento dos últimos três anos com novas aberturas. Nosso objetivo é chegar a aproximadamente 400 hotéis abertos ao final de 2018”, afirma.

Por meio de investimentos estratégicos, gerenciamento de marca e operações comerciais focadas, a AccorHotels se estabeleceu como líder no mercado global de hotéis de luxo. O portfólio dedicado para esse segmento inclui muitas das mais prestigiadas marcas mundiais de alto nível.

Até 2020, a AccorHotels já possui contratos assinados para abrir ao menos 4 hotéis de luxo na região. Em 2019, o Sofitel Copacabana no Rio de Janeiro abrirá suas portas como Fairmont, depois de passar por reformas de R$ 250 milhões. Na América do Sul, será inaugurado o terceiro Swissôtel, em Medellín, Colômbia. A marca MGallery dobrará de tamanho, ganhando dois novos hotéis: MGallery Buenos Aires Callao, com abertura prevista para 2018, e MGallery Montevidéu, previsto para 2020. O Brasil também dobrou o número de hotéis com a marca Grand Mercure em 2017. Com a aquisição de contratos da BHG, saltamos para 7 hotéis da marca.


“Temos quatro pilares estratégicos que norteiam nosso negócio para consolidação do plano 2020: valorização dos colaboradores, paixão pelo cliente, plataforma de distribuição poderosa e melhor relação com investidor. Para 2018, iremos ampliar nosso foco em três aspectos para tornar a experiência do cliente ainda mais positiva: Alimentos e Bebidas, Design e Emoção”, afirma Patrick.

No segmento midscale, foram 14 aberturas em 2017 e houve a inauguração do novo conceito de restaurante para a marca Novotel: o Gourmet Bar – já são duas unidades na região. Além disso, a marca Adagio Aparthotel completou 4 anos de presença no Brasil com 9 unidades, sendo 3 aberturas em 2017. Em 2018, o segmento midscale atingirá a marca de 100 hotéis na América do Sul, com abertura de 6 Novotel, um deles resort.

Por outro lado, a empresa continua com o foco estratégico de desenvolver seu portfólio em hotéis lifestyle, com marcas dedicadas para este segmento como Jo&Joe e Mama Shelter.


Principais números

O volume de negócios da América do Sul cresceu 1,7% em 2017, considerando o plano de desenvolvimento e aquisições da empresa na região, sem considerar o efeito de hotéis em reforma.

Em termos de RevPar, observa-se ainda no quarto trimestre uma tendência de recuperação muito encorajadora em todos os segmentos combinados (+ 13,9%), apesar da queda de 3,4% no RevPar da América do Sul, influenciada principalmente pela situação econômica do Rio de Janeiro.

“Em termos de receita líquida, a expectativa para 2018 é otimista, pois estamos retomando a ocupação”, acredita Patrick.

Três países na região se destacaram em 2017: Colômbia, Chile e Peru. Na Colômbia, finalizamos o ano com 9 hotéis em operação e outros 7 em desenvolvimento. O Chile atualmente possui 15 hotéis em operação e quase dobramos o número de unidades, apenas em 2017. No Peru, são 6 hotéis em operação e 8 em implantação. A Argentina possui 10 hotéis e 1350 quartos, além de 2 em implantação.

O programa de relacionamento Le Club AccorHotels, que conta com mais de 3,3 milhões de associados só na América do Sul, foi responsável por 44% do total de diárias nos hotéis, aumento de 5% em relação a 2016. Somente no ano passado, o Le Club AccorHotels teve um crescimento de 20% no número total de associados ativos (pessoas que tiveram pelo menos uma estadia durante o ano).

O Reputation Performance Score (RPS) permite ao hotel medir a satisfação dos hóspedes. Em 2017, o RPS da América do Sul foi 82,92, bem acima das outras regiões do Grupo.
   
Aquisições


Além da abertura de hotéis e resorts no segmento lazer, foram feitas aquisições e parcerias importantes como onefineStay, Squarebreak e Travel Keys. Em outubro, a AccorHotels firmou parceria estratégica com SNCF Group, para o desenvolvimento da marca Orient Express, e adquiriu uma participação de 50% nas ações da companhia. A marca Orient Express é um símbolo atemporal da arte em viagens de luxo, uma marca rica em cultura, esplendor e requinte.

Alinhada com a estratégia destinada a fortalecer a liderança da AccorHotels em toda a experiência do cliente, aumentando a gama de serviços oferecidos aos viajantes de negócios, o Grupo adquiriu a Gekko, um dos principais players no mercado Business to Business (B2B). Graças à sua experiência e tecnologia de ponta, a Gekko oferece soluções de busca e reserva por meio de uma interface conectada a mais de 500.000 hotéis em todo o mundo, do econômico ao luxo.

Na mesma linha de negociação, o Grupo assinou acordo com Mantra Group Limited, com o objetivo de adquirir todo o capital da empresa por meio de um acordo a ser aprovado pelos acionistas. O Mantra é um dos maiores operadores hoteleiros e de resorts da Austrália contando com 127 propriedades e mais de 20.000 quartos em hotéis, resorts e apart-hotéis em toda a Austrália, Nova Zelândia, Indonésia e Havaí.

Além disso, foi iniciada, globalmente, a implantação do AccorLocal, uma gama de serviços que oferece aos comerciantes locais a oportunidade de ofertar seus produtos nos hotéis do Grupo. Por outro lado, os hotéis têm a chance de promover seus serviços de hospitalidade para uma nova clientela. Por exemplo, pessoas da vizinhança podem usar serviços de lavanderia, estacionamento e alugar espaços dentro dos hotéis para realização de reuniões. A AccorHotels, portanto, conecta a conveniência do digital à sua experiência em hospitalidade e à experiência local, introduzindo uma nova maneira de interagir com as comunidades que vivem nas proximidades, hotéis e empresas locais.

Alimentos e Bebidas

O setor de alimentos e bebidas é estratégico para a AccorHotels. No segmento de luxo, 33% da receita vem por meio dos serviços de gastronomia. Já no midscale, a taxa é de 21% e 17% para o econômico. No momento, o Grupo tem cerca de 220 restaurantes localizados em seus hotéis na América do Sul. Em 2017, foram vendidos mais de 500 mil couverts. Além de ser uma importante fonte de renda, esta área é essencial para alcançar o objetivo de atrair mais e mais clientes, hóspedes ou não, para os restaurantes dos hotéis.  “Nossa região foi a mais significativa em termos de evolução de receita em alimentos e bebidas do mundo”, afirma Patrick. “Os hotéis não são frequentados apenas pelos hóspedes. Moradores da cidade e do bairro procuram restaurantes e bares de hotéis como opções de alta qualidade e fora do comum, e é nisso que focaremos em 2018: atrair cada vez mais clientes que não estejam hospedados conosco para ter experiências gastronômicas únicas”, diz.

Design inovador: essencial para o negócio hoteleiro

O design e a inovação tecnológica tornaram-se elementos essenciais para o negócio hoteleiro. Projetos desenhados com espaços e cenários ousados, viagens e serviços que convidam as pessoas a experimentarem novas sensações. Por isso, a AccorHotels faz parceria com arquitetos renomados para proporcionar aos hóspedes as tendências comportamentais e incríveis experiências.

Hoje, todos os novos projetos já são desenvolvidos pensando no design e em como proporcionar melhores experiências ao cliente. O Design & Technical Summit, evento reconhecido no setor por abordar tendências e organizado pela AccorHotels, terá sua terceira edição em 2018.

Parte da estratégia de 2018 da AccorHotels é a inovação. Para isso, diversos hotéis do Grupo na região receberão um “Innovation Room”, com design moderno, inovador e elementos de última tecnologia.

Treinamentos e melhoria contínua

Pelo 20° ano consecutivo, a AccorHotels foi premiada entre as Melhores Empresas para Trabalhar pela lista do Great Place to Work. Na 21ª edição do prêmio, a AccorHotels ficou na 7ֺa posição do ranking brasileiro. Na Argentina, a AccorHotels ocupou o 12° lugar entre as 21 empresas participantes e no Chile, a posição 32, de 50.

São mais de 15 mil colaboradores na região que participam ativamente de diversos treinamentos para oferecer a melhor experiência aos clientes. Em 2018, a AccorHotels lança dois programas para ampliar relacionamentos e cultura de serviços: A.C.D.C e Heartist.

O A.C.D.C. (AccorHotels Customer Digital Card) é uma ferramenta que permitirá maior conhecimento sobre os clientes para poder encantá-los, enriquecendo assim as experiências no hotel. Já o Heartist é o DNA, traço cultural que irá guiar as atitudes e percepções sobre como os colaboradores se relacionam com clientes internos e externos.

Responsabilidade Social

Em 2017, 100% dos hotéis da América do Sul aderiram ao programa Planet 21, compromisso de desenvolvimento sustentável global. Foram plantadas 560 mil árvores na região por meio do Plant for the Planet e 12 mil colaboradores receberam treinamento contra a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo. Atingimos a marca de 148 hotéis com hortas urbanas, mantidas pelos próprios colaboradores e cerca de 30% dos hotéis têm alguma fonte de energia renovável e sistema de reutilização de água.

Foram assinados os 10 Compromissos do Fórum das Empresas e Direito LGBT+, que garantiram ações importantes para promover um ambiente de trabalho inclusivo e receber os hóspedes da melhor maneira.

Atualmente, são apoiados 10 projetos de inclusão social em ONGs via Solidarity AccorHotels na América do Sul. Os programas consistem em capacitação para inserção no mercado de trabalho e empreendedorismo realizados por ONGs parceiras no Brasil e no Peru. Foram aprovados 4 novos projetos em 2017 (2 no Brasil e 2 no Peru), que ajudam mais de 500 pessoas, com doações de € 148.800.


SOBRE ACCORHOTELS
AccorHotels é um líder mundial em viagens e estilo de vida e inovador digital oferecendo experiências únicas em mais de 4.200 hotéis, resorts e residências, bem como em mais de 10.000 das melhores casas particulares em todo o mundo. Beneficiando-se da experiência como investidor e operador, a AccorHotels opera em 95 países.

Sua carteira inclui marcas de luxo de renome internacional, incluindo Raffles, Sofitel Legend, SO Sofitel, Sofitel, Fairmont, onefinestay, MGallery by Sofitel, Pullman e Swissôtel; bem como o popular midscale e marcas boutique como 25hours, Novotel, Mercure, Mama Shelter e Adagio; as reconhecidas marcas econômicas incluindo JO&JOE, ibis, ibis Styles, ibis budget e as marcas regionais Grand Mercure, The Sebel e hotelF1. A AccorHotels também oferece serviços inovadores durante toda a experiência do viajante, sobretudo pela recente aquisição do John Paul, líder mundial em serviços de concierge.

Com uma coleção incomparável de marcas e uma rica história que se estende por quase cinco décadas, a AccorHotels, juntamente com sua equipe global de mais de 250.000 homens e mulheres dedicados, tem uma missão intencional e sincera: fazer com que cada hóspede se sinta bem-vindo. Os hóspedes têm acesso a um dos programas de fidelidade mais gratificantes do mundo - Le Club AccorHotels.


A AccorHotels está ativa nas suas comunidades locais e comprometida com o desenvolvimento sustentável e a solidariedade através do PLANET 21, um programa abrangente que reúne funcionários, clientes e parceiros para impulsionar o crescimento sustentável. A Accor SA está cotada em bolsa com ações negociadas na Euronext Paris (código ISIN: FR0000120404) e no mercado OTC (Código: ACRFY) nos Estados Unidos.

+++

Accorhotels se développe en Amérique du Sud en année record d'ouvertures Groupe a atteint 329 hôtels dans la région et continue avec le plan pour faire fonctionner 500 hôtels d'ici 2020 Les Accorhotels, une expérience de premier hôtel, ouvert 52 hôtels en 2017 en Amérique du Sud, y compris l'acquisition de 21 contrats de gestion BHG. Avec cela, la société exploite désormais 329 unités et 51800/4-283 au Brésil (45.000 chambres), ainsi que 142 unités dans le pipeline. Le Brésil a été le 2ème pays qui a ouvert hôtel dans le monde, compte tenu des 99 pays où le Groupe opère. Le montant de la transaction avec le BHG était R $ 195 millions. Pour les rénovations et les adaptations à Accorhotels marques seront investis R 307 millions $ par BHG. « Nous sommes très près d'atteindre l'objectif d'avoir 500 hôtels dans la région d'ici 2020 », explique Patrick Mendes, directeur général de Accorhotels Amérique du Sud. « L'année terminée 40 ans d'histoire, nous avons signé 43 contrats et surmontons la projection initiale, en particulier au dernier trimestre. Pour 2018, consolidera le développement des trois dernières années avec de nouvelles ouvertures. Notre objectif est d'atteindre 400 hôtels ouverts à la fin de 2018 « , dit-il. Grâce à des investissements stratégiques, la gestion de la marque et les opérations commerciales ciblées, les Accorhotels s'est imposé en tant que leader sur le marché mondial des hôtels de luxe. Le portefeuille dédié à ce segment comprend un grand nombre des plus prestigieuses marques mondiales de haut niveau. D'ici 2020, Accorhotels déjà a signé des contrats pour ouvrir au moins quatre hôtels de luxe dans la région. En 2019, le Sofitel Copacabana à Rio de Janeiro ouvrira ses portes comme Fairmont, après être passé par des réformes de R $ 250 millions. En Amérique du Sud, elle ouvrira la troisième Swissôtel à Medellin, en Colombie. La marque MGallery va doubler de taille, gagnant deux nouveaux hôtels: MGallery Buenos Aires Callao, ouvrira ses portes en 2018 et MGallery Montevideo, prévue pour 2020. Le Brésil a également doublé le nombre d'hôtels avec la marque Grand Mercure en 2017. Avec l'acquisition contrats de BHG, sauter à sept hôtels de la marque. « Nous avons quatre piliers stratégiques qui guident notre plan d'affaires pour la consolidation en 2020: la valorisation des collaborateurs, la passion pour le client, la plate-forme de distribution puissante et une meilleure relation avec l'investisseur. Pour 2018, nous allons nous concentrer davantage sur trois aspects pour rendre l'expérience client encore plus positif: l'alimentation et les boissons, la conception et l'émotion « , dit Patrick. Dans le milieu de gamme étaient 14 ouvertures en 2017 et il y avait l'ouverture du nouveau concept de restaurant pour la marque Novotel: le Gourmet Bar - sont déjà deux unités dans la région. De plus, la marque Adagio Aparthotel terminé 4 ans au Brésil avec 9 unités, trois ouvertures en 2017. En 2018, le milieu de gamme atteindra les hôtels de marque 100 en Amérique du Sud, Holiday Inn ouverture 6, une station . D'autre part, l'entreprise se poursuit avec l'objectif stratégique de développer son portefeuille d'hôtels de style de vie avec des marques dédiées à ce segment Jo & Joe et Mama Shelter. chiffres clés Le chiffre d'affaires en Amérique du Sud a augmenté de 1,7% en 2017, compte tenu du plan de développement et d'acquisitions dans la région de l'entreprise, sans tenir compte de l'effet des hôtels en rénovation. En termes de RevPar, encore observé au quatrième trimestre une tendance très encourageante de la reprise dans tous les segments combinés (+ 13,9%), malgré la baisse de 3,4% du RevPAR en Amérique du Sud, principalement influencé par la situation économique de Rio de Janeiro. « En termes de résultat net, les attentes pour 2018 est optimiste, parce que nous reprenons l'occupation », dit Patrick. Trois pays de la région se sont démarqués en 2017: la Colombie, le Chili et le Pérou. En Colombie, nous avons terminé l'année avec neuf hôtels en opération et sept autres en cours de développement. Le Chili a actuellement 15 hôtels en opération et a presque doublé le nombre d'unités, seulement en 2017. Au Pérou, sont 6 hôtels en opération et 8 déploiement. L'Argentine a 10 hôtels et 1350, plus 2 quarts de déploiement.   Le programme de la relation Le Club Accorhotels, qui compte plus de 3,3 millions d'abonnés en Amérique du Sud, ont représenté 44% du total quotidien dans les hôtels, augmentation de 5% par rapport à 2016. L'an dernier , le club Accorhotels a augmenté de 20% du nombre total des membres actifs (personnes qui avaient au moins une fois au cours de l'année).

CASA DO DON RESTAURANTE E PIZZARIA PROMOVE FESTAS INUSITADAS PARA DIVERTIR CLIENTES”

GASTRONOMIA COM DIVERSÃO 

 “ CASA DO DON RESTAURANTE E PIZZARIA  PROMOVE FESTAS INUSITADAS PARA DIVERTIR  CLIENTES” .

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Infinity Blue Resort & Spa recebeu a 1ª etapa do KSOP- King Series Of Poker

O KSOP- King Series of Poker escolheu o Infinity Blue Resort & Spa para abrir a competição deste ano. A 1ª etapa durou 7 dias e os jogadores disputaram 24 eventos, com premiação final da etapa de R$ 220.000,00. “O Infinity Blue conta com toda a estrutura para a realização do nosso evento, sem dúvida a elevada qualidade no atendimento e serviços prestados a nossos clientes, são fatores decisivos que nos motivam a seguir realizando torneios de poker no resort”, afirma Moisés Moraes, da Kings Eventos, que organiza do KSOP.

Neste ano o KSOP vai contar com um ranking durante todo o ano. Serão no total seis etapas, e o jogador com mais pontos somados no Main Event e nos torneios paralelos, ganhará como prêmio um automóvel 0km da Mercedes-Benz.

Atualmente já são 7 milhões de praticantes brasileiros de Poker. O esporte intelectual tem crescido aproximadamente 1 milhão de jogadores/ano, se comparado com os números registrados em 2012 e 2013, respectivamente 4 milhões e 5 milhões de jogadores.


Sobre o Infinity Blue
Localizado no Litoral Norte catarinense, na badalada Balneário Camboriú, o Resort possui piscinas, área verde, restaurantes, bistrôs, e ainda fica na orla de uma praia semi-exclusiva. São 800 mil m² de puro encanto, o ano inteiro. O requinte e o conforto são marcas do serviço Infinity. O Blue Marine Restaurante, Acqualina Bistrô, Acquamarine Deck e Bistrô do SPA, são espaços elaborados para que hóspedes e visitantes possam apreciar os sabores da alta gastronomia nacional e internacional, marcados pela criatividade dos pratos e pela qualidade da vasta carta de vinhos e cervejas artesanais. Existem quatro opções de acomodações, da Superior até a Suíte Master, um SPA que reúne o que há de melhor em técnicas e terapias de relaxamento, além das mais diversas opções de entretenimento: slackline, waterline, escalada, mini golf, academia, caminhadas, arco e flecha, e atendimento exclusivo para crianças de 0 a 3 anos no Espaço Baby, tornando a estadia ainda mais incrível para toda a família. Para reservas entre em contato no telefone (47) 3261.0300, ou pelo e-mail reservas@infinityblue.com.br.

Serviço:
Endereço: Av. Rui Barbosa, 1000 – Balneário Camboriú/SC
Telefone: (47) 3261.0300
E-mail: reservas@infinityblue.com.br
Site: www.infinityblue.com.br



245 toneladas de lixo foram recicladas no Shopping Taboão. Geração excessiva de lixo é foco de ação do empreendimento.



O Shopping Taboão comemora os bons resultados de suas ações ambientais de 2017, que unidas ajudaram a fechar o ciclo da reutilização dos materiais e a geração excessiva de lixo dentro do empreendimento. O balanço das atividades mostra que mais de 245 toneladas de lixo deixaram de ser enviadas aos aterros sanitários prevenindo que cerca de 220 toneladas de CO² fossem liberadas na atmosfera.
O descarte de 230.893 quilos de papel e papelão enviados para a reciclagem foi muito significativo, poupando mais de 4.600 árvores, evitando que uma área equivalente a nove campos de futebol fosse desmatada. Essa ação também economizou água suficiente para encher 12 piscinas olímpicas. Outra atividade de sucesso envolvendo reciclagem foi com as latinhas, a prática foi suficiente para economizar mais de 580 mil horas de energia.
“Queremos compartilhar esses números com nossos funcionários, lojistas, clientes e frequentadores, como um estímulo para que todos façam a sua parte. A consciência ambiental e tão importante quando a social e por isso vamos tentar bater estes números preciosos durante este ano”, informa Alessandra Tiraboschi, gerente de marketing do Shopping Taboão.
Outra preocupação quando ao assunto é poluição, também não foi deixado de lado, o empreendimento reciclou 10.984 quilos de plástico, evitando que mais de 27 mil litros de petróleo fossem utilizados.
Para 2018 o empreendimento segue investindo em preservação do meio ambiente, objetivando resultados ainda mais positivos em relação ao ano anterior.


Shopping Taboão
Endereço: Rodovia Régis Bittencourt, 2643 – Taboão da Serra 
Mais informações: pelo site www.shoppingtaboao.com.br ou pelo telefone (11) 2699-4000. 
Estacionamento:
Carros - 10 reais até 4 horas e 2 reais a hora adicional
Motos - 8 reais até 4 horas e 2 reais a hora adicional
Sistema Eletrônico de Pagamento “Sem Parar” e “Conect Car”


Memória- Altino João de Barros vai fazer falta, não só à propaganda e ao turismo. É amplamente conhecida a contribuição de Altino João de Barros à propaganda brasileira. Seus feitos ficarão na história!



Por Aristides de La Plata Cury*

Quero aqui registrar um lado do Altino que não é tão famoso, sua participação decisiva no desenvolvimento do turismo, por meio do São Paulo Convention & Visitors Bureau, onde atuou como presidente, diretor e vice-presidente, atualmente denominado Visite São Paulo, uma fundação de direito privado, Fundação 25 de Janeiro, sem fins lucrativos, responsável pela atração de turistas e visitantes, mormente por meio da captação de eventos.

Altino foi um dos primeiros a perceber que a constituição da Fundação 25 de Janeiro, em novembro de 1983, está fundamentada em dois argumentos: primeiro, embora não seja filantrópica, os benefícios sociais advindos do sucesso da empreitada são consideráveis. Afinal, uma cidade que se aprimora a bem receber visitantes, torna-se ainda melhor para quem nela reside. E segundo, embora o patrimônio próprio da instituição seja muito pequeno, o resultado de seu trabalho, ao fim e ao cabo, movimenta a capacidade instalada da cidade.
Cabe lembrar que o visitante no destino conjuga os verbos dormir, comer, comprar e visitar. E que, ao conjugá-los, o turista se desloca pela cidade, experimenta os serviços públicos e privados de transporte e mobilidade urbana, avalia aspectos ligados à segurança, sinalização e limpeza, entre outros. Trava contatos com a população e acaba por se misturar com ela. Por decorrência, impacta o patrimônio da cidade.  
Tal fundamentação é moderna ainda hoje, imagine na década de 1980, quando Altino, vice-presidente da McCann Erickson, ingressou na diretoria do Visite São Paulo, pelas mãos de João Dória, então seu presidente.
Altino viabilizou a articulação entre trade publicitário e turístico, com sucesso, em diversas ocasiões, mas atingiu o ponto alto no projeto de abertura do Comércio aos domingos, prioritário dada a sua implicação na demanda de turistas para os fins de semana na cidade de São Paulo.]
No início dos anos de 1990, não havia consenso de que abrir o comércio aos domingos seria um bom negócio 
A estratégia encontrada pelo Visite São Paulo, sob coordenação de seu diretor Raul Souza Sulzbacher, consistiu na autorização preliminar, da abertura do comércio, em princípio, apenas nos domingos que antecediam às datas notáveis, dia das mães, dos pais, natal, etc.
A solução passava por envolver a população e tornar inquestionáveis as vantagens da liberação de todos os domingos, Como? Quem conhece o Altino, sabe que em situações complexas como essa, ele usava a expressão “Vamos usar o bundinhas”, brincando com o personagem alemão do Jô Soares.
Altino desenhou o projeto. Os shopping centers arcavam com os custos de produção e mídia, a veiculação era praticamente de graça nas revistas da Editora Abril, de Thomaz Souto Correa e nos jornais, o Estadão de Chico e Roberto Mesquita. Também as emissoras de televisão, a começar a Rede Globo, de Octávio Florisbal, José Luiz Franchini e Willy Haas, e todas de São Paulo, sem exceção, veicularam, gratuitamente, comerciais criados pro bono pela McCann.
Cinco anos depois, o comércio aos domingos foi liberado em São Paulo e em todo Brasil, com benefícios econômicos e sociais incomensuráveis.
Além desse projeto, as parcerias construídas por Altino foram responsáveis por campanhas que deram impulso decisivo à transformação de imagem de São Paulo, além de maior cidade do país no turismo de negócios e eventos profissionais, como um destino cultural, de entretenimento, enfim, em todos os 13 segmentos, que lhe valeram a condição hors concours no prêmio Top Destinos Turísticos, desenvolvido em 2017 pela ADVB, do presidente Latif Abrão Jr., e SKÅL São Paulo. E claro, por causa da atratividade turística das compras todos os dias, inclusive aos domingos.
Aprendi muito com Altino, nos 10 anos em que exerci função executiva na Fundação 25 de Janeiro, onde convivi quase diariamente com ele. 
E tenho certeza, seriam incontáveis os testemunhos pessoais como esse meu, entre colaboradores, clientes e fornecedores, nos 70 anos dedicados por Altino à propaganda, e quase 30, ao turismo.
Mas o legado do Altino, posso afirmar sem medo de errar, não é apenas profissional. Seu exemplo de vida, além de funcionário, chefe e líder empresarial, como marido, pai e avô, cidadão carioca, brasileiro e do mundo, inspirou muita gente. Graças a Altino João de Barros, eu sou uma pessoa melhor!
Dizem que ninguém é insubstituível. Mas Altino, querido amigo e irmão, você vai fazer muita falta!
*Aristides de La Plata Cury é presidente do Skål Internacional São Paulo e vice-presidente do Núcleo de Turismo da ADVB – Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil.

+++


Aos 92 anos, morreu na madrugada deste domingo, 18/02, Altino João de Barros, um dos profissionais de maior longevidade, em atividade, da publicidade brasileira. Carioca de 1926, fez sua carreira desde o início na McCann Erickson, entrando na empresa aos 18 anos como office-boy. Lá, acabou mudando para a área de mídia, ainda no Rio, onde, mesmo trabalhando na agência, cursou a Universidade do Estado da Guanabara para formar-se em ciências econômicas aos 38 anos. Em 1974, mudou-se para a matriz da McCann, em São Paulo, onde atuou até chegar a VP executivo.
Em 2013, lançou seu livro autobiográfico, “A mídia no Brasil do reclame à era digit@l”, em parceria com a jornalista Nara Damante. Nele há depoimentos de amigos, admiradores e familiares contando a sua história de vida, entre as quais a criação, para a Copa de 1978, do hoje consagrado “Top de 5” da Rede Globo, depois de perceber a oportunidade de comercializar, para seu cliente General Motors, a mera contagem regressiva que as TVs utilizavam para sincronizar com suas afiliadas a entrada no ar de programas em rede nacional.
Altino participou, em muitos casos até da criação, de todas as entidades publicitárias do país, como Grupo de Mídia de São Paulo, o Instituto Verificador de Circulação (IVC), o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) e o Conselho Executivo de Normas Padrão (Cenp).

Altino será sepultado às 16:30h deste domingo, no Cemitério do Morumby, em São Paulo. (Por Márcio Ehrlich)

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

CARNAVAL
TRABALHANDO NO ES

Atendendo a sucessivos pedidos da comunidade cientifica do Norte Capixaba, o medico Linharense Arthur Luiz M. Heleodoro , passou o carnaval trabalhando .

Ele, que  é candidatíssimo a presidir UNIMED Norte ,também  é  conhecido por ter um bom transito nas UNIMED’s do Brasil , prega grande compromisso com a certificação dos serviços medicos e hospitalidade garantida no HUL (Hospital Unined Linhares) no norte do Estado do Es.